21 de Julho de 2006
Conta-se (e já é uma velha história) que um jornalista de Nova York foi mandado a Bóston fazer a cobertura da chegada de um enviado especial do Papa à diocese. Aquele, munido do seu gravador, trava o seguinte diálogo, ainda no aeroporto:

- Eminência, por favor, qual a sua opinião sobre a prostituição em Bóston?
- O quê? Ainda há prostituição em Bóston? – Respondeu o cardeal.

No outro dia, o prestigiado matutino nova-iorquino chamava à primeira página, em caracteres garrafais:

Primeira preocupação do Legado do Papa ao chegar a Bóston: - Onde ficam aqui as casas de prostitutas?
publicado por MaiaCarvalho às 10:45

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

2 seguidores
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Julho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
22

23
24
26
27
28
29

30
31


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO